terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Pêra aparece como alternativa de cultivo no Sertão pernambucano

 O cultivo da pêra está se tornando alternativa no Sertão Pernambucano, além de gerar emprego e renda para os sertanejos. Ao todo, estão sendo cultivadas dezesseis variedades da fruta em Petrolina. Normalmente, a fruta é cultivada em locais de clima mais frio, mas surgiu como teste da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), que deu certo nos perímetros irrigados de Petrolina. Aos poucos, a fruta está se adaptando ao tempo seco da região.
Para o comerciante Douglas Pereira, o experimento foi um sucesso. "Há clientes de várias regiões do Nordeste. Vem gente de todo tipo de lugar pra comprar essa pêra. Vende muito bem, tanto meia caixa como a caixa inteira", diz Douglas. Ele fala especificamente da Triunfo, tipo de pêra que apresentou os melhores resultados na região e tem grande potencial de produção e comércio.
"O teste foi feito no intuito de buscar novas alternativas para áreas irrigadas do semi-árido. Iniciamos esse projeto e, dentro das culturas que estamos testando, a pereira é uma delas", afirma o agrônomo Paulo Roberto Coelho, da Embrapa.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Eduardo Campos lança 14 ações para os municípios pernambucanos

Governador reúne prefeitos, senadores, deputados federais e estaduais, além do ministro Fernando Bezerra Coelho, em Gravatá. Foto: Eduardo Braga/SEI (Eduardo Braga/SEI)
Governador reúne prefeitos, senadores, deputados federais e estaduais, além do ministro Fernando Bezerra Coelho, em Gravatá.
Antes mesmo de discursar, na abertura do seminário Juntos por Pernambuco, o governador Eduardo Campos (PSB) divulgou seu "pacote de bondades" para os municípios. Composto por 14 ações, o pacote pretende ajudar as prefeituras pernambucanas, que vêm se queixando da crise financeira, com a redução dos repasses federais.
O desafio do governador é “superar” a presidente Dilma Rousseff, que reuniu os prefeitos do país, mas não atendeu à expectativa deles com as medidas anunciadas em Brasília. O socialista, com suas iniciativas, pretende “animar” as economias municipais.

Veja a lista de 13 ações:

1. Entrega simbólica de 36 ambulâncias, quatro com unidade avançada, aos municípios. A ação tem o objetivo de universalizar o Samu.

2. Mensagem que encaminha de projeto de lei à Assembleia Legislativa, um cofinanciamento para a instalação de Unidades de Pronto Atendimento Especialidade (UPAes) em cada um dos 12 municípios sede de cada de saúde do estado.
3. Criação do selo Pacto pela Vida de Redução da Criminalidade.

4. Oferta de poços artesianos destinados a 122 municípios do seminário pernambucano.

5. Aviso de licitação para a implantação de 400 cisternas de abastecimento simplificado de água.

6. Assinatura de ordens de serviço para a implantação de pequenas barragens do programa Água para Todos.

7. Mensagem de projeto de lei para Assembleia Legislativa que institui a política estadual de convivência com o semiárido.

8. Decreto governamental que aprova o Plano estadual de Segurança Alimentar 2013-2015.

9. Decreto governamental que dispõe sobre programa de transporte escolar.

10. Mensagem de projeto de lei à Assembleia Legislativa que institui premiação aos municípios que tiverem os maiores índices no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica).

11. Universalização das academias da cidade no estado.

12. Adesão ao programa Minha Casa, Minha Vida 2

13. Decreto governamental que institui o Conexão Cidadã, programa de inclusão sócio-digital

14. Criação do Fundo estadual de Desenvolvimento Municipal.

sábado, 16 de fevereiro de 2013

FALTA DE ÁGUA NO SÍTIO VÁRZEA DA SERRA CONTINUA

     Mais uma vez recebemos email do Sítio Várzea da Serra reclamando providências sobre a falta de água potável naquela localidade. 
   

  Abaixo o email:

"Sr. Wellington peço que verifique novamente o porque que ainda não recebemos água nas demais caixas aqui no Sitio Várzea da Serra??!! Apenas uma caixa recebe água aqui para mais de 150 casas, os que moram perto desta CAIXA conseguem tanto para o consumo como para serviços domestico, já eu e os demais que infelizmente não moramos perto dela não conseguimos pegar desta água... E por isto somos obrigados a beber uma água SALOBRA e AMARELA que as vezes  nem dessa água chega pois está água só chega no Barreiro se o DONO do SITIO LIBERAR... E tem mais de DIAS que não chega... Peço encarecidamente que o SR. verifique o porque que temos duas caixas coletoras e em nenhuma delas chegou água este ano!!?? Estas caixas são do tempo  do GOVERNO Zé do Leite (8 anos atrás) e mesmo no Governo do Gilvan nunca nos faltou! 

Desde já Agradeço a oportunidade de expressar esse SOFRIMENTO, pois nunca passamos por uma situação desta e seria muita coincidência se só no governo do RICARDO acontece-se isso... Para não haver injustiça e julgar o atual GOVERNO peço que verifique".

Obrigado  

     Pedimos encarecidamente para que o responsável pelo setor das águas do Município veja esse pedido não como critica, mais sim como um apelo daquela localidade, como o próprio prefeito Ricardo disse várias vezes "o palanque político acabou, agora eu sou prefeito de todos", e que resolvam o problema de uma vez já que as caixas são de uso público e não particular.
     Estive conversando hoje com algumas pessoas da Várzea da Serra que me disseram que estão vindo buscar água no sítio Manoel Ferreira, tendo que dar uma volta enorme para conseguirem água.
      O vereador Van já pediu para essa água ser regularizada, eu mesmo já noticiei aqui esse problema e até agora nada.
    
 Perguntar não ofende:
     "será que todos estão cegos e surdos?"