quinta-feira, 19 de junho de 2014

Bastidores da política em Saloá.

A política é muito dinâmica, ora ela favorece a um determinado grupo, ora ela favorece a outro grupo. Vejamos Exemplos disso: em resumo:
Em 1998 chegava por aqui um grupo de políticos liderado por Jarbas Vasconcelos e naquele ano surgia o Grupo Bezerra liderado pelo saudoso Sr. Bezerra, dando apoio a este grupo e tendo como candidatos a deputado estadual e federal Romario Dias e o Dr. Armando Monteiro, no ano 2000 o Sr. Bezerra foi candidato prefeito tendo como seu candidato a vice o Sr. José do Leite ficando bem pertinho da vitória, em 2004, após o falecimento do Sr. Bezerra, surge no cenário político liderando este grupo o Sr. José do Leite que venceu as eleições daquele ano do então adversário Ricardo Alves com uma larga vantagem, este mesmo grupo adversário liderou o processo de cassação do então prefeito Zé do Leite após três anos de administração, assumindo a prefeitura naquela ocasião seu vice, Gilvan Pereira que se reelegia prefeito em 2008 com o apoio do grupo Ricardo tendo como adversária a esposa de Zé do Leite, passado quatro anos, lá estava o Grupo do Leite, que antes eram não só adversários do grupo Ricardo, mas inimigos políticos, dando apoio ao grupo Ricardo e compondo a chapa como vice-prefeito Zé Antonio do leite, que se elegeram com uma larga vantagem sobre o candidato a prefeito apoiado por Gilvan Pereira. Nos parece que o cenário político hoje em Saloá se define da seguinte maneira: Após o grande apoio que a Presidência da Republica vem dando a algumas cidades inclusive a Saloá, com a liberação de vários Transporte, máquinas e Etc. claro para que em troca recebesse apoio por parte do governo local, o que vemos neste cenário quase definido, é que o Prefeito Ricardo em retribuição ao apoio do Ex-governador Eduardo Campos em sua campanha para prefeito em 2012, onde o mesmo parece ter feito pouco caso com a candidatura de Danilo a prefeito apresentado Por Gilvan Pereira, dando apoio apenas de fachada, nos parece que o atual prefeito tem uma grande divida com o ex-governador e precisa retribui-la desta vez, ficando agora no mesmo palanque do Ex-prefeito Gilvan Pereira que detém a sigla do PSB 40 aqui em Saloá, no entanto alguém vai sair traído nesta história.
Já o grupo do atual vice-prefeito por ter uma história política com o atual pré candidato ao Governo de Pernambuco Armando Monteiro, possivelmente deve ficar com o mesmo, já causando uma pré divisão no grupo da união, se é que podemos chamar assim. Ou então se render a vontade do atual prefeito e romper de fato com os laços políticos com. Armando, isso só saberemos nos próximos dias.
Resumindo chegou a horas dos ajeitadinhos políticos e com quem estará as melhores vantagens, e a pergunta que não que calar: e o povão como fica? e a resposta com certeza será! Como massa de manobra.
Brevemente mais novidades dos bastidores da política local.